quarta-feira, abril 26, 2006

Trecho extraído de um discurso do Imperador Hailè Selassiè as Naçãoes Unidas

Até que a filosofia que torna uma raça superior
E outra inferior, seja finalmente permanentemente
Desacrediada e abandonada havera guerra,
Eu digo guerra.

Até que não existam mais cidadãos
De 1º e 2º classe em qualquer nação.
Até que a cor da pele de um homem
Não tenha maior significado que a cor
Dos seus olhos havera guerra.

Até que todos os direitos básicos
Sejam igualmente garantido para todos,
Sem privilégios de raça, terá guerra.

Até esse dia o sonho da paz final,
Da almejada cidadania e o papel
Da moralidade internacional,
Não sera mais que mera ilusão a ser percebida e nunca atingida,

Por enquanto havera guerra, guerra.

Até que os ignóbeis e infelizes regimes
Que prendem nossos irmãos em Angola,
Em Mozambique, África do Sul escravizada,
Não mais existam e sejam destruídos,
Haverá guerra, eu disse guerra.

Guerra no leste, guerra no oeste, guerra no norte,
Guerra no sul, guerra, guerra, rumores de guerra.

E até esse dia, o continente africano não conhecerá a paz.
Nós africanos lutaremos, nós acharemos isto necessário
E conheceremos a vitória.

O bem sobre o mal, bem sobre o mal...

7 comentários:

Anônimo disse...

Great site lots of usefull infomation here.
»

Anônimo disse...

Super color scheme, I like it! Keep up the good work. Thanks for sharing this wonderful site with us.
»

Anônimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»

Anônimo disse...

Really amazing! Useful information. All the best.
»

Anônimo disse...

Super color scheme, I like it! Keep up the good work. Thanks for sharing this wonderful site with us.
»

Anônimo disse...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»

Anônimo disse...

Nice! Where you get this guestbook? I want the same script.. Awesome content. thankyou.
»